SEGA afirma que não está aberta a aquisições após Microsoft demonstrar interesse



No entanto, a SEGA afirma que mantém uma ótima relação com a dona do Xbox


Embora a Microsoft nunca tenha feito uma proposta formal para adquirir a SEGA, documentos revelados em suas audiências contra a FTC mostram que ela já teve bastante interesse pela empresa japonesa. Agora que eles se tornaram públicos, a casa de Sonic se manifestou publicamente e esclareceu que não está à venda no momento.


A declaração foi feita pelo co-COO da SEGA, Shuji Utsumi, em resposta a um questionamento sobre essa possibilidade feito pela Bloomberg. Apesar de afirmar que a companhia não está disposta a ouvir ofertas no momento, o executivo se negou a comentar se alguma proposta formal do tipo foi feita no passado.


Após as declarações da Microsoft se tornaram públicas, as ações da desenvolvedora japonesa foram valorizadas e atingiram seu maior valor desde 2007. Apesar de a companhia não produzir muitos conteúdos exclusivos para a dona do Xbox, houve um estreitamento de relações entre elas nos últimos anos.


SEGA e Microsoft colaboram em um “Super Game”


Um dos principais pontos de relacionamento entre a SEGA e a Microsoft tem sido a Creative Assembly, que foi responsável por criar títulos como Halo Wars 2 e Age of Empires 4. Além disso, ambas estão colaborando na criação daquilo que o estúdio japonês chama de “Super Game”, que vai usar como base a estrutura de rede fornecida pela Azure.


“Somos muito próximos da Microsoft e temos um grande relacionamento com seu time de gerenciamento”, afirmou Utsumi à Bloomberg. “A Microsoft tem uma consideração particularmente alta por nós. Phil Spencer e Sarah Bond, do Xbox, levam muito a série os valores que os fãs de videogame enfatizam”.


Os documentos revelam que, além da SEGA, a dona do Xbox também cogitou fazer investimentos na Square Enix como parte de seus planos de expansão. Embora nenhum dos negócios tenha sido realizado, Phil Spencer já afirmou publicamente diversas vezes que a companhia quer investir futuramente para se torna dona de um estúdio japonês.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem