Depois do sucesso de Sonic, Sega quer levar outras franquias para os cinemas



A era dos filmes e séries baseados em jogos de videogame parece ter finalmente chegado a seu auge. Depois de anos vivendo com adaptações sofríveis e que não faziam jus às obras originais, Hollywood finalmente tem entregado produções de qualidade e que agradam os fãs e também quem não conhecia as franquias.


Os filmes do Sonic certamente são um dos maiores exemplos disso, e a Sega está tão feliz com o resultado alcançado pelas produções que já pensa em levar outras franquias de seu amplo catálogo para as telonas.


Haruki Satomi, CEO da Sega Sammy, e Koichi Fukazawa, o CFO, foram questionados recentemente sobre a possibilidade de fazerem filmes que não sejam do Sonic durante uma sessão de perguntas e respostas seguida da publicação do relatório anual de ganhos da empresa.


 Gostaríamos de enfrentar desafios fora da propriedade intelectual do Sonic, caso surgisse a oportunidade.


Se pudermos combinar o tempo de lançamento de jogos com o lançamento de filmes, seria extremamente eficaz do ponto de vista de marketing e também traria benefícios significativos, como aumentar o conhecimento de nossas propriedades intelectuais e aumentar o número de pontos de contato para os clientes, assim como fizemos com o filme do Sonic.

Sonic O Filme chegou aos cinemas em 2020 e arrecadou quase US$ 320 milhões nas bilheterias. Sua sequência chegou no ano passado e gerou mais de US$ 405 milhões.


Sonic O Filme 3 está programado para ser lançado em dezembro de 2024. Antes disso, uma série de TV estrelada por Knuckles e ambientada entre o segundo e o terceiro filmes será lançada.


Vale lembrar que a Sega já anunciou a produção de um filme baseado em Steets of Rage, com roteiro de Derek Kolstad, criador da franquia John Wick. Isso mostra que o estúdio realmente está engajado em expandir suas franquias, seguindo os passos da PlayStation Studios, Nintendo e Capcom.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem