Sega adquire Rovio, dona de Angry Birds, por 706 milhões de euros


Surgiu nos últimos dias um rumor de que a SEGA estaria comprando a Rovio Entertainment, dona da franquia Angry Birds, por US$ 1 bilhão. Não demorou muito e a SEGA anunciou hoje (17) que a aquisição é real e está comprando a Rovio por 706 milhões de euros, valor referente ao pagamento de 9,25 euros por cada ação, 19% superior ao preço válido por cada em 14 de abril.


Haruki Satomi, CEO da SEGA Sammy falou sobre a aquisição e revelou o desejo de ampliar a presença da empresa nos dispositivos móveis, o executivo exaltou o crescimento do mercado global de games, exaltando potencial do mercado de jogos para dispositivos móveis. "Tem sido o objetivo de longo prazo da Sega acelerar sua expansão nesta área" concluiu Satomi.


O diretor-executivo da Rovio, Alexandre Pelletier-Normand, está confiante para essa nova etapa da empresa junto a SEGA e afirma que a missão da Rovio será de "criar alegria", utilizando suas ideias em conjunto com as ferramentas disponíveis na nova casa em jogos com as principais propriedades intelectuais da SEGA e Rovio.


A conclusão desta negociação ainda depende de aprovação dos acionistas e dos órgãos reguladores, porém as empresas se mostram confiantes com o negócio. 


Angry Birds foi um dos primeiros sucessos dos smartphones


A Rovio Entertainment ganhou fama em 2009 com o lançamento do jogo Angry Birds para smartphones, quando os primeiros modelos ainda estavam ganhando o mercado e ainda era tudo muito novo. O jogo apresentou um novo formato de gameplay utilizando a tela de toque, onde o jogador precisava lançar os pássaros e derrubar todos os objetivos para avançar de fase com sucesso.


Durante a década passada, a empresa seguiu investindo em jogos da franquia, além de venda de itens com os personagens da série e a produção de filmes para o cinema e séries animadas para a TV e o streaming.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem